Home / MINHA LAVRA

MINHA LAVRA

Trova – Não chore, Arita – sorria

Para Arita Damasceno Pettená, poetisa maior de Campinas, SP Não chore, Arita – sorria Como seu verso que encanta! É bem maior a alegria Quando você sorri e canta. Peruíbe, 17 de fevereiro de 2017 Washington Luiz de Paula

Leia mais...

Ano Novo

Que este ano que se inicia Com bastante garbo e sonhos Traga a doce companhia De anjos muito mais risonhos. De anjos muito mais risonhos, Que, presentes noite e dia, Afastem males medonhos Que tanto de nós judia. Que tanto de nós judia Sina e destino enfadonhos; É o carma …

Leia mais...

Natal

Leia mais...

Trova – Nesta vida, de repente…

Nesta vida, de repente, Aprende-se à revesguela: Fácil é sorrir com dente; Difícil sorrir banguela. Peruíbe, 22 de dezembro de 2016 Washington Luiz de Paula

Leia mais...

Soneto – Raquel

Raquel À querida Raquelzinha Torres, por ocasião de seu falecimento Passou por nós três anos e alguns poucos meses Uma florzinha qual origami em papel Que, de tão rica, chorar nos fazia às vezes A emoção de vê-la sorrir olhando o céu. O santo Deus, que de tão bom, nos fez …

Leia mais...

I Concurso Nacional de Trovas Blogue “O Que Escrevi, Escrevi”. – Regulamento

I Concurso Nacional de Trovas Blogue “O Que Escrevi, Escrevi”. Fica, por estes termos, criada a primeira edição deste concurso de Trovas, com abrangência para todo o território brasileiro. O certame passa a ser denominado “I Concurso Nacional de Trovas Blogue ‘O Que Escrevi, Escrevi.’”, e é uma iniciativa do …

Leia mais...

Renovo

Dedicado à vereadora Mari Laila Tanios Maalouli Do alto de um sorriso belo vê-se par de olhos intensos ilustrando rosto – anelo de tudo quanto mais penso. Eis que esta ilustre figura brilha tanto nesta Câmara; é tal fruto que se augura: damasco, cereja ou tâmara. Edil de uma verve …

Leia mais...

Currupaco

Currupaco Currupaco paco paco canta o loro no trepeiro pro diácono dar pitaco no volante e no celeiro. No volante e no celeiro, pro diácono dar pitaco, tem que haver bom cervejeiro, ou o fruto de Santo Baco. Ou o fruto de Santo Baco, ou a cevada que seja Canta …

Leia mais...

Salmo 3

Davi confia em Deus na sua adversidade. Baseado no Salmo 3, de autoria do Rei Davi, quando fugiu de diante da face de Absalão, seu filho Como têm multiplicado Meus adversários, Senhor! Muitos têm se levantado Contra mim, meu Salvador! Muitos dizem da minha alma: Não há para ele salvação …

Leia mais...

Querer

Por não poder lhe querer Muito além do que lhe quero, Quero tentar lhe esquecer, Mas esquecê-la não espero. Mas esquecê-la não espero Muito além do anoitecer; Quero tentar! – eu pondero – Por não poder lhe querer. Peruíbe, 9 de fevereiro de 2015 Washington Luiz de Paula

Leia mais...

Cansaço

Para ouvir o que agora ouço De filho, nora e mulher Melhor se no calabouço Fosse, por ato qualquer. Para um homem que luta e pensa E chora no diapasão; Eis para ele a recompensa Que vem como ingratidão. Melhor morrer, bem melhor, Buscar na morte o descanso, Que sofrer …

Leia mais...

Vaso

Ao casal ítalo-português, Marcos Caramico e Ana Maria Ferreira Erigido em fino mármore italiano Com adorno de azulejo português, Se supunha o vaso não tolerar dano Ainda que somente fosse alguma vez. Ligeiro tremor, entretanto, que o tempo Costuma vir para provocar o andor, Ocasionou quebradura e contratempo Fazendo o …

Leia mais...

Orlando

Poema dedicado a… pensando bem, dedico nada! rs Vem de um tempo este esperneio Que já venho memorando; Ela é assim, para isto veio Por não lhe querer Orlando. Ah, saudade lá da praia, Daquele encontro flagrado, A mão por baixo da saia, O beijo mal revelado. Toda loucura, talvez, …

Leia mais...

Estes nossos filhos… II

Esos Locos Bajitos – Estes Baixinhos Loucos Juan Manuel Serrat A menudo los hijos se nos parecen Muitas vezes os filhos se parecem conosco Y así nos dan la primera satisfacción E assim nos dão a primeira satisfação Ésos que se menean con nuestros gestos São estes que se agitam com nossos …

Leia mais...
Joomla extensions, Wordpress plugins
Joomla extensions, Wordpress plugins