Home / POLÍCIA - MP - JUDICIÁRIO / Homem é baleado na cabeça e costas em Peruíbe por conversar com mulher em bar
Joomla extensions, Wordpress plugins

Homem é baleado na cabeça e costas em Peruíbe por conversar com mulher em bar

Apesar dos ferimentos, a vítima conseguiu ir ao pronto-socorro e passa bem

Nemias dirigiu sozinho de Peruíbe até o pronto-socorro de Pedro de toledo (Reprodução/TV Tribuna)

Eduardo Velozo Fuccia, em A Tribuna

Apesar de ser baleado na cabeça e nas costas, às 5h30 deste domingo (14), em Peruíbe, o operador de máquinas Nemias Domingues Veiga, de 51 anos, sobreviveu e passa bem.

A vítima contou a policiais militares que estava em uma lanchonete na Avenida Tancredo Neves, no Caraguava, quando ali chegou uma mulher, com a qual começou a conversar.

Em dado momento, ainda conforme o operador de máquinas, surgiu um homem branco, alto e vestido de moletom com capuz. Após alertar Nemias de que aquela mulher é “casada”, o desconhecido o agrediu com um soco no rosto.

Na sequência, o agressor sacou uma arma de fogo e atirou na direção da vítima. Caído no chão, o operador de máquinas não teve chance de se defender, sendo baleado na cabeça e nas costas.

Mesmo ferida, a vítima conseguiu dirigir o seu carro até o Pronto-Socorro de Pedro de Toledo, município vizinho a Peruíbe. Nesta unidade, foi extraída a bala das costas, mas a que atingiu a cabeça ainda continua alojada.

Nemias alegou ignorar a identidade e outras informações da mulher pivô da tentativa de homicídio. O caso foi registrado na Delegacia de Peruíbe pela equipe do delegado Bruno Mateo Lázaro.

Banco do Brasil (Escriturário)-ESCRITURÁRIO
Banco do Brasil (Escriturário)-ESCRITURÁRIO

Veja também

Próxima quarta, 31, Peruíbe se fará presente no “Dia do Desafio”

Da Redação (Com Assessoria da PMP) A 23ª edição do “Dia do Desafio” (Challenge Day, …

Peruíbe – Laudo de laboratório afasta suspeita sobre intoxicação alimentar em alunos

Da Redação O resultado de perícia laboratorial feita na alimentação fornecida pela Cheff Grill para …

Editorial – Termoelétrica – Por que (não) querê-la?

Quem dos senhores e das senhoras conheceu Ernesto Zwarg? Receio que poucos. Zwarg carregava sobre …

%d blogueiros gostam disto: