GIF 728x90 - Casual
Home / POLÍTICA / Prefeita e vice são cassados pela segunda vez em 18 dias em Cubatão (SP)
Logotipo
Logotipo
Logotipo
Logotipo

Prefeita e vice são cassados pela segunda vez em 18 dias em Cubatão (SP)

Cubatão está a 56 km de São PauloRafael Motta, do UOL Santos (SP)

Em menos de três semanas, a prefeita de Cubatão (56 km de São Paulo), Marcia Rosa (PT), e seu vice, Donizete Tavares do Nascimento (PSC), tiveram novamente seus mandatos cassados e os direitos políticos suspensos por oito anos. Ambos também foram multados em R$ 10 mil cada um. A sentença foi proferida nessa segunda-feira (10), e a prefeitura informou que recorrerá ao Tribunal de Justiça do Estado.

Como na primeira condenação, os dois permanecerão nos cargos até o julgamento final da questão, por decisão do juiz da 119ª Zona Eleitoral da cidade, Sérgio Ludovico Martins. Ele estabeleceu que a prefeita e o vice tenham os votos declarados nulos e percam os mandatos, na prática, caso sua sentença seja mantida em última instância, sem possibilidade de contestação –o que não tem data para ocorrer.

Na primeira ação em que Marcia e Nascimento foram derrotados, também em primeira instância, o mesmo juiz considerou procedente a denúncia de que servidores da área da saúde trocaram e-mails, a partir de endereços eletrônicos da prefeitura, com objetivo de atuar na campanha eleitoral. Nas mensagens, havia orientações a fim de que equipes se identificassem como integrantes do governo e pedissem “voto de confiança” à população de bairros periféricos.

Desta vez, ambos foram condenados por propaganda eleitoral antecipada e abuso de poderes econômico, político e de autoridade nas últimas eleições. A condenação teve como base denúncias feitas pela coligação “Cubatão Pode Mais com a Força do Povo”, também autora da ação judicial anterior, liderada pelo candidato derrotado Nei Serra (PSDB).

A propaganda indevida foi caracterizada pela edição de um jornal semanal intitulado “Reação Popular”. O periódico foi veiculado somente no ano da eleição e tinha o noticiário definido pela empresa que constava como sua proprietária, por uma empresa de publicidade e por servidores públicos municipais, entre eles dois membros da Secretaria Municipal de Comunicação Social.

Essa ligação foi demonstrada em e-mails anexados ao processo pela coligação partidária. Também foi provado que os jornais, com tiragem aproximada de 10 mil exemplares por edição, eram distribuídos em locais públicos, como hospitais e prontos-socorros, com “potencialidade de interferir no resultado do pleito eleitoral de 2012”.

A empresa de publicidade (Entrelinhas Publicidade Ltda.), pela qual “o semanário seria efetivamente formatado”, mantém contrato com a prefeitura para prestação de serviços de comunicação social. Desde 2010, recebeu R$ 7,8 milhões. Na avaliação do juiz, ambas “ocultaram a captação de recursos diretos e/ou indiretos na campanha para as eleições de 2012 […]”.

Além disso, dois sócios da empresa indicada como dona do jornal (2L Fábrica de Ideias Comunicação Social Ltda.) têm ligações com a prefeitura. Uma, Ana Helena Barbosa Lopes, é “companheira do chefe de Gabinete [José Carlos Ribeiro dos Santos] da atual prefeita”; e outro, Disraeli Alves Vasconcelos, é coordenador do Orçamento Participativo da Prefeitura. Eles também foram multados e tiveram os direitos políticos suspensos por oito anos a partir da última eleição.

Nota oficial

Em nota, a prefeitura considerou a sentença “uma interpretação do juiz”. Citado no comunicado, o secretário municipal de Assuntos Jurídicos, Paulo Toledo, disse que “no Tribunal Regional Eleitoral [TRE] ficará claramente demonstrado que não houve a prática de nenhum crime eleitoral”.

O governo já recorreu da decisão anterior, datada de 23 de maio, pela qual Marcia Rosa e Donizete Tavares do Nascimento haviam sido cassados pelo uso de funcionários da Secretaria de Saúde local com fins eleitorais. Essa apelação ainda não foi analisada pelo TRE.

Cursos 24 Horas

Cursos On line

Cursos Online
Mochila Corinthians 160x600
JPG Fitness 160x600
Camisa Nike Corinthians II 160x600

Cursos 24 Horas

Cursos On line

Cursos Online

Sobre mrwash

Veja também

TSE proíbe pesquisas sobre eleições em veículos de comunicação durante campanha eleitoral

Cursos 24 Horas - Cursos Online com Certificado Cursos 24 Horas Cursos Online Cursos Online …

Os Diretórios do PT irão mudar em 2014

Cursos 24 Horas Cursos Online Cursos Online - Cursos 24 Horas Cursos 24 Horas - …

Se um negro Presidente é bom para os Estados Unidos, por que não seria bom para o Brasil?

Cursos 24 Horas Cursos Online Cursos Online - Cursos 24 Horas Cursos 24 Horas Cursos …

JPG Fitness 300x250
ADITIVO AUTOMOTIVO
GIF 300x250 - Suplementos
ADITIVO AUTOMOTIVO
%d blogueiros gostam disto: