Home / POLÍTICA / Resultado da segunda pesquisa IPAT pode trazer reviravolta em Peruíbe

Resultado da segunda pesquisa IPAT pode trazer reviravolta em Peruíbe

Da Redação

Prometido para ser publicado até este final de semana, o resultado da pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisas A Tribuna – IPAT nos últimos dias 24 e 25 já está dando dor-de-barriga e calafrios em muita gente em Peruíbe.

Pesquisadores do IPAT ouviram 600 pessoas em residências sorteadas entre os vários bairros da cidade, e devem trazer um claro indicador que como haverá se portar o eleitor no dia da eleição que – lembremos – acontece fora este, já no outro domingo.

Os que estão acostumados a enxergarem somente os números das pesquisas encomendadas internamente, que sempre apontam para um número estratosférico em favor de sua candidata, já tiveram uma amostra de que a soberba não costuma levar a lugar algum quando da publicação do resultado da última pesquisa do IPAT, que indicava empate técnico entre a prefeita Milena Bargieri e a sua principal opositora, a empresária Ana Preto.

Muito embora pesquisa sequente feita por outro instituto tenha confirmado que Ana Preto estava muitos pontos à frente de Milena Bargieri, se contrapondo, e em certo sentido desmentindo o resultado propalado pelo IPAT, o fato é que a divulgação pelo IPAT agora, a uma semana das eleições, de que Milena teria crescido na preferência do eleitorado, ou mesmo que Onira, até aqui sempre a lanterninha em todas as pesquisas publicadas, tenha encostado ou até ultrapassado a candidata que até aqui estava em segundo lugar, vai certamente dar novo rumo, senão à própria candidata que se visse prejudicada com o resultado da pesquisa, ao menos para seus candidatos a vereadores.

Expectativa grande

Já foi noticiado aqui que ao menos duas das últimas pesquisas registradas no TSE não tiveram a publicidade que se esperava por parte dos coordenadores das campanhas que as encomendaram. Fontes oficiosas indicam que ao menos uma dessas pesquisas deram um quadro de tal forma desfavorável à candidata contratante que a decisão mais acertada foi pela não divulgação do resultado, até porque manipular o resultado implicaria em cometimento de crime eleitoral.

Já o resultado da pesquisa encomendada por Ana Preto junto à Toledo & Associados (também registrada no TSE) foi objeto de anúncio somente internamente, para os candidatos a vereadores e seus assessores, ao menos até aqui. As informações que chegam à Redação deste blogue dão conta que o resultado desta pesquisa bate com o aquele em que Ana Preto ainda lideraria as pesquisas de intenção de votos, com margem folgada à frente da segunda colocada, Milena Bargieri. A surpresa ficou para a subida de Onira, indicando que, se houvesse tempo ainda para as eleições, ela poderia até dar trabalho nas urnas.

No campo das credibilidades, no entanto, é melhor ficar com o resultado do IPAT. Primeiro porque não há indicativo de que tais pesquisas tenham sido encomendas por este ou aquele candidato. Segundo porque o IPAT repete em Peruíbe o que faz em toda região até onde alcança o interesse comercial de seu principal veículo de comunicação, o histórico Jornal A Tribuna. Terceiro, por causa da transparência na publicação detalhada dos resultados, sempre acessível a qualquer um, seja no jornal impresso, seja na TV, seja na internet.

Se o IPAT vai acertar ou não em seus prognósticos são outros 500 por cento.

Sobre mrwash

Veja também

Tradição em consultoria de imóveis em Peruíbe – Toninho Góes Imóveis

Relacionado

Confiança conquistada em meio século de muito trabalho – Cícero Imóveis

Relacionado

Bando usa falso uniforme de carteiro e tenta assaltar agência dos Correios de Peruíbe

Ação em Peruíbe acabou sendo frustrada após um funcionário da empresa fugir assustado Bruno Lima, …

Joomla extensions, Wordpress plugins
ADITIVO AUTOMOTIVO
MEGABINGOMANIA
%d blogueiros gostam disto: