Home / POLÍTICA / Milena Bargieri: “Nosso hospital terá 100 leitos”
Joomla extensions, Wordpress plugins

Milena Bargieri: “Nosso hospital terá 100 leitos”

FECHE A PORTA PARA OS SPAMS!
Créditos: Davi Ribeiro
Milena Bargieri tenta ser a primeira chefe do Poder Executivo do Município a se reeleger

Thiago Macedo, em A Tribuna

Filha do ex-prefeito Gilson Bargieri, Milena Bargieri (PSB)tenta ser a primeira chefe do Poder Executivo de Peruíbe a se reeleger. Desde que a reeleição passou a valer no Brasil, a cidade nunca teve um prefeito que ficou por dois mandatos consecutivos. Aos 34 anos, ela aponta as principais conquistas de seu governo e revela quais serão as suas prioridades em um eventual segundo mandato.

A Saúde é uma das áreas que mais recebem reclamações. Se reeleita, qual a primeira medida que irá tomar para melhorar o atendimento prestado à população? 

Nós pegamos uma Cidade com a taxa de mortalidade infantil acima da média do Brasil. E nós conseguimos diminuir bastante. Construímos um AME (Ambulatório de Especialidades Médicas). Dentro de alguns dias, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) será entregue. Estamos comprando aparelhos de tomografia e construindo o nosso primeiro hospital. Será maior que o Hospital de Itanhaém, que tem 76 leitos. O nosso terá 100. Reformamos e ampliamos quatro postos de saúde. Implantamos um novo posto e vamos abrir outro. Implantamos o Samu. Compramos oito ambulâncias, sendo duas UTIs. No meu próximo mandato eu quero fortalecer a prevenção. Não adiantava falar só em prevenção se nós não tínhamos o básico de infraestrutura na Saúde.

Bairros da periferia ficam totalmente alagados em dias de chuva. O que a senhora irá fazer para solucionar ou minimizar esse problema?

Temos feito um trabalho muito forte de pavimentação, embora não esteja diretamente ligado à questão da enchente. Calçamos 340 ruas dos bairros periféricos e a nossa meta é calçar mais 600 nos próximos quatro anos. Vão ser mil ruas calçadas. Vai precisar de manutenção? Vai. Mas vai começar a sobrar gente e maquinário para ficar o tempo todo limpando canais e valas. Mas o grande projeto é o que nós apresentamos para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, que é a macro e microdrenagem de toda a Cidade. Isso minimizará muito o problema das enchentes. O projeto é orçado em R$ 157 milhões e já foram aprovados R$ 40 milhões.

A Segurança Pública é uma área de competência do Estado, mas muitas cidades têm criado guardas municipais. A senhora tem planos para criar uma guarda? 

Conseguimos aumentar o efetivo da PM em uma média de 20 homens. Mas eu acredito que a Segurança Pública está ligada à questão social. Investindo em educação, habitação, geração de emprego e saúde você diminui a criminalidade. Nós investimos na implantação das câmeras de monitoramento. Já são 20. E neste ano vamos colocar mais dez. A nossa meta é instalar mais 40 nos próximos quatro anos. Também estamos trabalhando junto com a Câmara para efetuarmos mudanças da legislação e criarmos uma guarda municipal.

Em Peruíbe, o Turismo é uma área fundamental na geração de emprego e renda. Qual a proposta da senhora para essa área?

Eu acredito que não podemos contar só com o turismo da temporada. O grande desafio é fazer com que a Cidade tenha vida própria nos outros meses. Temos o complexo da lama negra, que é um potencial da Cidade. Nós temos investido muito no turismo esportivo. Já entregamos oito ginásios de esportes neste ano, e vamos entregar mais um. Também vamos entregar o Parque da Cidade, que terá piscina aquecida, ginásio de esportes, quadra a céu aberto, pista de corrida. Também queremos investir no turismo religioso, que é de qualidade, familiar.

Qual sua proposta para o funcionalismo público? 

Há 22 anos, o funcionalismo tinha o sonho de regulamentar a lei do Estatuto do Funcionário Público e do Plano de Carreira e isto foi feito por mim. Assim como o estatuto do magistério, que também já foi implantado. Nós criamos o cartão alimentação e boa parte dos funcionários já tem o seu. A nossa meta é expandir para todos.

Qual seu plano para atrair investimentos para a Cidade nos próximos anos?

Depois de dois anos e dois meses, conseguimos aprovar na Câmara a mudança da lei orgânica e uma lei de incentivos fiscais, que vai possibilitar que a Prefeitura doe áreas para indústrias não poluentes. Já temos algumas interessadas. Claro que terá um processo licitatório para doarmos essas áreas com o compromisso das empresas de que 85% da mão de obra contratada será da Cidade. Também conseguimos aprovar a liberação de recursos do Governo Federal para a construção de uma Etec para 1.200 alunos.

O que será feito na Educação?

Entregamos sete escolas novas. Reformamos e ampliamos outras 18. Implantamos em todas as escolas do Ensino Fundamental laboratórios de ciências, de matemática e de informática. Todas as escolas têm lousa digital. Nós criamos um programa de incentivo à leitura, onde todas as crianças da rede recebem, todos os anos, um kit de 12 livros. Já começamos a implantar o período integral nas escolas. 500 crianças estão no período integral, mas a nossa meta é que os 8 mil alunos da nossa rede municipal fiquem em período integral na escola.

Criador de sites Impress ly

Sobre mrwash

Veja também

Preocupados com eleição de Ana, eleitores de Milena podem votar em Onira

Da Redação O surpreendente crescimento do nome de Onira junto ao eleitorado nos últimos dias …

Paulão não é Ana. Ana não é Paulão. Mas Gilson, afinal, é Milena?

O Paulão, ora o Paulão… Eu não consegui entender ainda o porquê de estarem dando …

Peruíbe: IPAT mostra candidata Milena Bargieri com 36% dos votos

Da Redação de A Tribuna A menos de duas semanas para as eleições municipais, um …

Joomla extensions, Wordpress plugins
Joomla extensions, Wordpress plugins
%d blogueiros gostam disto: