Criador de sites Impress ly
Home / POLÍTICA / Ana Preto: “Em meu governo, vamos criar o Pronto Socorro Infantil”

Ana Preto: “Em meu governo, vamos criar o Pronto Socorro Infantil”

Créditos: Raimundo Rosa
A empresária Ana Preto quer seguir os passos do pai, ex-prefeito, se for eleita

Thiago Macedo, em A Tribuna

Em sua primeira disputa eleitoral, Ana Maria Preto (PTB) tenta seguir os passos do pai, o ex-prefeito José Roberto Preto. A seu favor, apostam os aliados, ela tem a experiência de ser uma empresária bem-sucedida sem se distanciar dos problemas reais da população de Peruíbe. Nesta entrevista, Ana Preto evitou criticar o atual Governo e apresentou as suas propostas, que pretende colocar em prática caso seja eleita.

A Saúde é uma das áreas que mais recebem reclamações. Se eleita, qual a primeira medida que irá tomar para melhorar o atendimento prestado à população? 

Temos de aumentar o número de médicos. E, principalmente, de especialistas. Essa é uma das maiores reclamações da população. Precisamos de mais profissionais especialistas, principalmente ginecologista, oftalmologista, dentistas… Pretendo criar a Casa da Melhor Idade. Nós temos um grande número de idosos na Cidade e necessitamos dar mais atenção a eles. E podemos fazer isso utilizando a estrutura já existente. É inaceitável que os idosos fiquem de cinco a oito horas em filas esperando atendimento. Os idosos exigem atenção constante.

Também pretendo criar um pronto-socorro infantil As crianças não podem dividir o mesmo espaço com adultos nas unidades de saúde pública. Com isso teremos setores específicos para cada faixa etária da população. E vamos construir um novo pronto-socorro municipal.

Bairros da periferia ficam totalmente alagados em dias de chuva. O que a senhora irá fazer para solucionar ou minimizar esse problema?

Existe um projeto de micro e macrodrenagem que está em andamento. Mas, até ele ser colocado em prática, nós precisamos de ações mais rápidas e pontuais. E uma medida que deu muito resultado na época do meu pai foi a limpeza constante das valas e canais de escoamento das chuvas. Isso faz com que a vazão seja mais rápida. Intensificar o sistema de drenagem das águas pluviais é essencial, só que é preciso viabilizar a micro e macrodrenagem e, para isso, é preciso agilizar o processo de captação de recursos junto ao Governo Federal.

A Segurança Pública é uma área de competência do Estado, mas muitas cidades têm criado guardas municipais. A senhora tem planos para criar uma guarda?

Primeiro, a nossa guarda necessita ser constituída por funcionários do quadro efetivo, concursados. Depois, ela requer ter um efetivo maior. Só assim nós poderemos capacitá-la para fazer rondas em bairros e nas escolas, por exemplo. Mas, para isso precisamos fazer um estudo de como viabilizar uma guarda eficaz e preparada para atuar de forma segura e virar realmente uma guarda municipal. E, ao mesmo tempo, podemos firmar uma parceria com o Governo do Estado para colocar em prática a Operação Delegada, onde o Município pode contratar as 98 horas de folga do próprio policial do Estado para que ele atue na Cidade.

Em Peruíbe, o Turismo é uma área fundamental na geração de emprego e renda. Qual a proposta da senhora para essa área?

É preciso revitalizar a orla da praia. Temos de aumentar e iluminar o calçadão. Isso ajuda a atrair os veranistas, que são importantes para o Município. Temos de recuperar também os nosso pontos turísticos. Vamos investir no turismo ecológico, que é uma área onde Peruíbe tem um potencial enorme. Outro segmento é o turismo esportivo. Investir nesse nicho, além de atrair turistas, valoriza os nossos atletas. Um outro ponto fundamental é o Departamento de Indústria e Comércio da Prefeitura, que precisa trabalhar de forma mais efetiva, em conjunto com os comerciantes na elaboração de projetos e políticas que possam melhorar ainda mais o nosso setor turístico.

Qual sua proposta para o funcionalismo público? 

O servidor municipal precisa ser melhor valorizado. É fundamental respeitarmos a data-base do funcionário público. Temos também de diminuir o número de contratação de cargos comissionados e valorizar mais o servidor público de carreira, aquele que faz parte do quadro.

Qual seu plano para atrair investimentos para a Cidade nos próximos anos?

Eu pretendo criar uma Agência de Desenvolvimento que ficará responsável pela elaboração de estudos que definirão quais são as melhores formas de atrair novos investidores. Primeiro precisamos identificar qual é a atual infraestrutura disponível em Peruíbe, qual o tipo de investimento que ela comporta hoje e quais são as medidas necessárias para que o Município possa crescer de forma sustentável.

O que será feito na Educação Pública?

É fundamental, primeiramente, valorizar o professor porque ele é a chave do ensino. Além disso, e preciso aumentar o número de creches e investir na inclusão digital dos estudantes. A minha meta é, nos próximos quatro anos, dar um notebook para cada aluno da rede municipal. O nosso objetivo também é investir na educação profissional. Na época do meu pai, o Senai veio para Peruíbe. Só que até hoje não houve uma evolução na quantidade dos cursos ofertados. A nossa ideia é fazer com que o Senai tenha uma sede própria aqui para que possa ampliar a quantidade de cursos oferecidos.

Criador de sites Impress ly

Sobre mrwash

Veja também

Por uma mudança para valer em 2016!

Relacionado

Recanto Vida – Nosso diferencial está em que amamos o que fazemos.

Relacionado

Vereador Zeca da Firenze – Em busca de novos horizontes…

Relacionado

CAMPANHA ANTISPAM
ADITIVO AUTOMOTIVO
%d blogueiros gostam disto: