POUSADA GAIVOTAS
GIF 300x250 - Basquete
MEGABINGOMANIA
Criador de sites Impress ly
ADITIVO AUTOMOTIVO
GIF 300x250 - Casual
GIF 300x250 - Basquete
TOKA DO LULA
EVERTON MEYER ADVOGADO
Click here for more!
TELEXFREE - LECOSPINOLA
Joomla extensions, Wordpress plugins
MIRANTE FLAT HOTEL
MEGABINGOMANIA
Click here for more!
CÍCERO IMÓVEIS
JPG Heelys 300x250
Corrida 300x250
Click here for more!
Home / POLÍTICA / Prefeito de Guaxupé consegue liminar que permite registro de sua candidatura para reeleição
DIB IMÓVEIS
Joomla extensions, Wordpress plugins
ADITIVO AUTOMOTIVO
CÍCERO IMÓVEIS
MIRANTE FLAT HOTEL
TOKA DO LULA

Prefeito de Guaxupé consegue liminar que permite registro de sua candidatura para reeleição

TELEXFREE - LECOSPINOLA

Do Portal Boa Informação

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Ari Pargendler, deferiu liminar que permite ao atual prefeito do município de Guaxupé (MG), Roberto Luciano Vieira, se candidatar a reeleição em 2012. O ministro Pargendler atribuiu efeito suspensivo ao recurso especial interposto por Vieira, que discute condenação imposta a ele por fatos que ocorreram em 1999, quando era vereador no município.

Naquele período, a Câmara Municipal de Guaxupé, por decisão da maioria de seus vereadores, criou o pagamento referente às sessões extraordinárias do legislativo local. O Ministério Público, considerando ilegal tal pagamento, propôs uma ação civil pública, pedindo a imediata cessão do pagamento das sessões extraordinárias, bem como as demais sanções referentes a atos de improbidade administrativa.

O juiz de primeiro grau aplicou sanções distintas para vários dos réus. Com relação a Vieira, foi determinada apenas a devolução aos cofres públicos das quantias recebidas a título de ‘reuniões extraordinárias anteriores’ e ‘reuniões extraordinárias’, sem qualquer condenação de suspensão dos direitos políticos e nem outras sanções previstas na Lei de Improbidade. O Tribunal de Justiça do Estado manteve a sentença.

Ausência de intimação

No STJ, o recurso especial interposto por Vieira foi provido para anular o julgamento da apelação pelo tribunal estadual, devido à ausência de intimação da defesa do prefeito e da inclusão do processo na pauta da sessão extraordinária designada para o último dia 3 de abril.

Consequentemente, o processo retornou ao TJMG que reformou a decisão anterior, condenando Vieira à suspensão dos direito políticos pelo prazo de quatro anos, ao pagamento de multa civil correspondente a trinta vezes o subsídio estabelecido para os ‘Edis’ e à proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos.

Inconformado, Vieira recorreu ao STJ com este recurso especial, já admitido e sujeito à conclusão do relator, ministro Teori Albino Zavascki.

Em sua decisão, o ministro Ari Pargendler lembrou que a atribuição de efeito suspensivo a recurso especial só é deferida em hipóteses excepcionais, em que evidenciada a relevância do direito invocado e o perigo da demora.

“As circunstâncias da espécie autorizam o reconhecimento dessa excepcionalidade porque o acórdão recorrido pode ter divergido da jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça quanto à comprovação do dolo para o reconhecimento da improbidade administrativa”, ponderou Pargendler.

Segundo o ministro, o perigo da demora é evidente, porque sem a liminar perecerá o direito de Vieira registrar sua candidatura ao cargo de prefeito municipal.

CÍCERO IMÓVEIS
MIRANTE FLAT HOTEL
POUSADA GAIVOTAS
EVERTON MEYER ADVOGADO
Joomla extensions, Wordpress plugins
DIB IMÓVEIS
Criador de sites Impress ly

Sobre mrwash

Veja também

Conheça os principais doadores das campanhas para prefeito em Peruíbe

Da Redação Com a legislação eleitoral para este ano não permitindo doações de empresas (pessoas …

Três candidatos a prefeito têm registro indeferido pela Lei da Ficha Limpa

Da Assessoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) Em sessão plenária desta sexta-feira (23), o Tribunal …

Viva o Esporte! Mais de 40 mil produtos à sua disposição!

Relacionado

Joomla extensions, Wordpress plugins
Acesse Gospel +
ADITIVO AUTOMOTIVO
%d blogueiros gostam disto: