Home / POLÍTICA / Peruíbe: Emer pode estar sendo confirmado hoje como vice da Onira. Mas pode ser tarde para ele.
Logotipo

Peruíbe: Emer pode estar sendo confirmado hoje como vice da Onira. Mas pode ser tarde para ele.

Emer: O PSC ainda estaria sob seu domínio?

Da Redação

Depois da notícia publicada ontem neste blogue (veja aqui) de que o PT estaria se preparando para lançar uma chapa “puro sangue” dada a dificuldade de receber respostas positivas aos partidos convidados para somarem forças com os petistas nestas eleições, parece que pelo menos um partido já se antecipou em responder “sim” ao convite feito pela base liderada pela vereadora Onira, já declarada candidata a prefeita pela agremiação.

A nota publicada apontava para a possibilidade de o PT procurar encontrar dentro de suas próprias fileiras um nome para ser o vice de Onira, e indicava como provável nome o de Toninho Góes, que já se antecipou em informar que seu nome jamais foi cogitado para este cargo e que, mesmo que fosse, seus compromissos pessoais o impediriam de aceitar (veja aqui).

Na reta final da corrida pelos acertos que tem por alvo as convenções dos partidos, cujo prazo para realizações já começou, e, mesmo depois de ter estado muito próximo do vice-prefeito Nelson Gonçalves Pinto (Nelson do Posto), do PR, parece que o vereador e atual presidente da Câmara, Emer Elias Abou Jaoude acabou aceitando mesmo o convite para ser o vice da Onira.

Emer, que aparece no site do TRE como tesoureiro do PSC – Partido Social Cristão (veja aqui), enfrenta os boatos dos últimos dias de que teria perdido o partido para Gilson Bargieri. Segundo fontes extraoficiais, nesta segunda ou terça-feira próxima já deverá estar sendo publicada no site do TRE a nova comissão provisória, o que, se se confirmar, pode indicar que Emer teria dificuldades de realizar uma convenção, ou mesmo de vir a ser candidato a qualquer cargo eletivo para este ano.

Para quem duvida que isto possa ser possível, basta lembrar as conversas gravadas pela Polícia Federal envolvendo o bicheiro Carlinhos Cachoeira no episódio em que tenta comprar um partido por R$ 200.000,00. “É assim que a coisa funciona”, resumem os que estão fazendo o acerto da compra do partido. E é verdade. No Brasil, infelizmente, é assim que as coisas funcionam, mesmo que seja às vésperas de um período eleitoral, mesmo que isso custe pelo menos um quarto do que Cachoeira estaria disposto a pagar por um partido, mesmo que isto prejudique os sonhos e as aspirações de quem quer que seja.

Como já foi dito em outro artigo publicado neste blogue: se isto se confirmar, a administração está mesmo dando um tiro no próprio pé, forçando uma ainda provável aliança entre o PT e o PTB, conjugando assim toda a oposição, o que significaria um verdadeiro massacre eleitoral para o clã Bargieri, atual mandatário da cidade.

Cursos 24 Horas

Cursos On line

Cursos Online

Sobre mrwash

Veja também

Faridinho se elege vereador em Ponta Porã – 2º mais votado!

Da Redação Neto do inesquecível Seu Farid, e filho do não menos querido Badu (El …

Pré-sal: Milena quer indústria de uniformes para suprir Petrobrás

Da Redação Em resposta à pergunta feita pela Redação de A Tribuna (veja aqui) sobre …

Candidatas de Peruíbe contam como querem atrair dinheiro que chegará com o pré-sal para o Município

Da Redação de A Tribuna O município de Peruíbe está começando a pensar seriamente no …

JPG Heelys 300x250
DEOMENORLANCE
%d blogueiros gostam disto: