DIB IMÓVEIS
Click here for more!
TELEXFREE - LECOSPINOLA
EVERTON MEYER ADVOGADO
POUSADA GAIVOTAS
MEGABINGOMANIA
TOKA DO LULA
POUSADA GAIVOTAS
DIB IMÓVEIS
ADITIVO AUTOMOTIVO
Click here for more!
Click here for more!
GIF 300x250 - Basquete
MIRANTE FLAT HOTEL
TELEXFREE - LECOSPINOLA
JPG Heelys 300x250
TOKA DO LULA
MIRANTE FLAT HOTEL
Click here for more!
EVERTON MEYER ADVOGADO
Home / EDITORIAIS / Fé e Obras que verdadeiramente levam à Salvação
MIRANTE FLAT HOTEL
TELEXFREE - LECOSPINOLA
TOKA DO LULA
DIB IMÓVEIS
JPG Heelys 728x90
Joomla extensions, Wordpress plugins
MEGABINGOMANIA

Fé e Obras que verdadeiramente levam à Salvação

Banner Futebol 468x60
MEGABINGOMANIA
TELEXFREE - LECOSPINOLA
JPG Heelys 468x60
POUSADA GAIVOTAS

Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hebreus 11:1

Assim como o corpo sem espírito está morto, também a fé sem obras está morta. Tiago 2.26

Que o Estado é laico todo mundo sabe. Ou pelo menos deveria sê-lo. Ou pelo menos deveríamos todos saber.

Ora, se vivemos num Estado democrático de direito, e de repente somos tentados a saber que se o Estado fosse teocrático as coisas poderiam ser um pouco mais justas e humanas, ainda assim não nos é permitido, ainda que por razões morais – senão legais – metermos as coisas da religião goela adentro da política, ou vice-versa. A história tem dado provas de que ao se misturar os ingredientes da política com os da religião, o bolo não cresce, não assa direito e azeda bem antes de começar a ser servido.

Tenho visto com a preocupação de quem conhece um pouco de ambas as coisas – de política e de religião – que os partidários de duas pré-candidatas a prefeita de Peruíbe para as eleições deste ano, têm debatido dois temas sensíveis à Teologia e ao Evangelho como se fosse possível transferir a correta interpretação bíblica para o campo da política; ou – melhor – para o campo de seus mesquinhos interesses políticos particulares.

Os temas são a Fé e as Obras.

Não sei bem se por influência de sua fidúcia católica, já que devota tanto quanto seu pai foi em vida, ou se levada ao tema por seu escudeiro Paulo Henrique Siqueira (Paulão) que teve criação evangélica, a pré-candidata a prefeita de Peruíbe pelo PTB, Ana Maria Preto de Sá, parece já ter escolhido o tema pelo qual tentará se conduzir ao Paço Geraldo Russomanno: Fé.

Mas, o que é fé? Fé é confiança, é certeza em algo ou alguém, de que este algo acontecerá em verdade, ou de este alguém não haverá de decepcionar a expectativa a que são levados aqueles a quem nesta (ou naquela) passam a depositar toda sua esperança. Fé é aquele sentimento que vem no exato instante em que tudo parece estar perdido, e em que se houve a promessa de salvação, de recuperação, de cura, de restabelecimento, de progresso, de dissipação dos males que porventura nos tomam de assalto.

Na Bíblia, de acordo com o autor da carta aos Hebreus, fé é muito mais que isso: é “a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos”. Logo, fé tem uma intensidade bem maior, muito mais grandiosa que a banalidade das coisas materiais – e políticas – pode pressupor.

Acreditar por acreditar que Ana Preto será melhor prefeita que Milena Bargieri, ou que Onira viria a ser melhor prefeita que uma e outra, ou que é bem melhor que Milena dê continuidade ao seu governo para concluir o que começou e vem fazendo ao longo destes já quatro anos de mandato, todos acreditam. Eu acredito nesta, você acredita naquela, aquele outro acredita na outra ainda. A falta de consenso, de união em torno de um só nome dá provas de que esse tipo de fé é furada. Não leva a lugar algum. Não traz resultado prático e lógico para a minha vida, para a sua vida, para a vida de ninguém.

Diferente a fé que depositamos no Cristo que cerca de 1.970 anos atrás, no exato momento deste sábado de Aleluia estava sendo depositado no sepulcro que lhe providenciaram José de Arimateia e Nicodemos (cf. João 19). Esta sim é a verdadeira – e única – fé que interessa: a de termos certeza no Cristo que esperamos para nossa Salvação, mesmo não o tendo visto como os apóstolos o viram, muito embora milagrosa e misteriosamente o sentindo.

Por outro lado, as “obras” a que se referem os partidários da prefeita Milena Bargieri muito evidente que nada tem a ver com as obras pelas quais a prefeita manda maquiar a cidade, transformando-a no sepulcro caiado a que se referiu o próprio Jesus, fazendo referência a algo que é “formoso por fora, mas que interiormente está cheio de toda imundícia” (cf. Mateus 23.27 e 28). Assim, querer vincular as palavras do apóstolo Tiago em sua carta escrita “as doze tribos que andam dispersas” quando diz que “assim como o corpo sem espírito está morto, também a fé sem obras está morta” (cf. Tiago 2.26) além de ser um absurdo literário, é também um sacrilégio que, estivéssemos na Idade Média, levaria Milena e seus falsos teólogos – bruxos em verdade – à fogueira da Inquisição.

Então, se as obras a que se refere Tiago, alegando que sem estas a fé é morta, não é a fina camada de asfalto que, vindo a chuva traz a enchente, que logo está esburacada, se não são escolas que não têm professores ou condições para estes trabalharem, se não são postos de saúde e unidades médico-hospitalares que não têm médicos, remédios, e que só fazem piorar a doença que grassa em nosso povo, a que obras então se referem esta Palavra de Deus?

Primeiro temos que entender que a síntese do Evangelho está no amor. No amor e na caridade, que é o amor ao próximo. Já me disseram que é difícil seguir a Deus porque a Bíblia é um livro muito extenso e complexo. E eu digo: Não! Pelo contrário: todos os 66 livros da Bíblia podem se resumir nesta palavra de nosso Salvador Jesus Cristo: “Amar a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a nós mesmos” (cf. Marcos 12.30 e 31). Para seguir a Cristo e ser fiel ao Evangelho bastam estes dois quesitos: Em primeiro lugar, ame a Deus; em segundo, ame ao seu próximo.

As obras requisitadas por Tiago, portanto, são as obras da fé, aquelas que nos levam a ajudar todos quantos precisam de nós, amando incondicionalmente, inclusive os nossos inimigos.

Se você pratica obras de caridade tão-somente isto também não o levará à Salvação, e você não está praticando o verdadeiro Evangelho. O apóstolo Paulo, em sua carta à Igreja que estava em Éfeso se preocupou em deixar claro que nem por uma pessoa ter mais posse e, portanto mais condições de ajudar aos outros, que esta teria maior ganho perante Deus. Lembra Paulo que, “pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus”, e arremata: “não vem das obras, para que ninguém se glorie” (cf. Efésios 2:8-9).

Em termos práticos Paulo estava mostrando que nem pelo fato de Ana Preto ter mais condições financeiras de ajudar os pobres e as obras de caridade que eu e você que me lê, que Deus a acharia melhor que você ou eu. Mas também mostra que muito maior responsabilidade tem a prefeita Milena Bargieri perante Deus, e há de responder no Dia do Juízo pelo sangue de todos quantos sofreram e pereceram eventualmente prejudicados por desvios de verbas que deveriam – e poderiam – serem melhores aproveitadas em nevrálgicos setores da administração pública como o é a Saúde e a Educação.

Eu se tivesse algum poder sobre uma e outra, as faria parar com esta comparação esdrúxula da fé que se pretende que tenham que Ana Preto viria a ser melhor que Milena, e das obras que Milena enceta por obrigação de ofício, com a solene fé em Cristo Jesus, e com as obras que fazemos todos nós – ou pelo menos devemos fazer – por impulsão da compaixão a que somos movidos pelo coração cheio do entendimento Espírito Santo.

Lembremos ainda o próprio Tiago já mencionado antes: “Se alguém se considera religioso, mas não refreia a sua língua, engana-se a si mesmo. Sua religião não tem valor algum!” E conclui: “A religião que Deus, o nosso Pai aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo” (cf Tiago 1:26-27).

Queremos o bem para nossa querida Peruíbe? Dobremos os nossos joelhos, e, num ato de reverência e submissão a Deus e à sua soberana vontade, roguemos a Ele que conduza este pleito a fim de que nossa cidade esteja liberta das obras das trevas que a domina há anos.

Se pedirmos a Deus isso – com veemente fé, Ele nos atenderá, e Peruíbe será melhor a partir de 2013. Amém.

Washington Luiz de Paula

Joomla extensions, Wordpress plugins
TOKA DO LULA
ADITIVO AUTOMOTIVO
MIRANTE FLAT HOTEL
MEGABINGOMANIA
CÍCERO IMÓVEIS
Mochila Corinthians 160x600

Sobre mrwash

Veja também

Se você é corinthiano, você prestigia a sua loja! Seja Poderoso Timão você também!

Relacionado

67% têm considerado a gestão Ana Preto em Peruíbe como “ótima”, diz enquete

Da Redação A enquete levada a efeito por este blogue desde o dia 5 de …

Dilma viaja à África e Renan assume Presidência

Na ausência do vice e do presidente da Câmara, que também estarão fora do País, …

Joomla extensions, Wordpress plugins
EVERTON MEYER ADVOGADO
PORTAL PERUÍBE
Joomla extensions, Wordpress plugins
CAMPANHA ANTISPAM
MEGABINGOMANIA
LEILÕES
TELEXFREE - LECOSPINOLA
Acesse Gospel +
ADITIVO AUTOMOTIVO
MEGABINGOMANIA
CÍCERO IMÓVEIS
Joomla extensions, Wordpress plugins
EVERTON MEYER ADVOGADO
CAMPANHA ANTISPAM
TELEXFREE - LECOSPINOLA
PORTAL PERUÍBE
CAMPANHA ANTISPAM
TOKA DO LULA
DIB IMÓVEIS
Joomla extensions, Wordpress plugins
PORTAL PERUÍBE
CAMPANHA ANTISPAM
EVERTON MEYER ADVOGADO
MIRANTE FLAT HOTEL
Acesse Gospel +
CAMPANHA ANTISPAM
CAMPANHA ANTISPAM
TOKA DO LULA
ADITIVO AUTOMOTIVO
MEGABINGOMANIA
Joomla extensions, Wordpress plugins
COMBATA O SPAM. ADOTE A PORTA 587.
%d blogueiros gostam disto: