Home / EDITORIAIS / Entre Nelson do Posto, Onira e Ana Preto, meu voto é dos três – Parte I
POUSADA GAIVOTAS
JPG Heelys 728x90
GIF 728x90 - Basket
ADITIVO AUTOMOTIVO
Joomla extensions, Wordpress plugins
TOKA DO LULA
MIRANTE FLAT HOTEL
JPG Fitness 728x90

Entre Nelson do Posto, Onira e Ana Preto, meu voto é dos três – Parte I

TELEXFREE - LECOSPINOLA
EVERTON MEYER ADVOGADO
DIB IMÓVEIS
FECHE A PORTA PARA OS SPAMS!
POUSADA GAIVOTAS
MIRANTE FLAT HOTEL

Quem dera fosse possível escolhermos dois ou três candidatos numa eleição, seja de prefeito ou vereador, sagrando-se eleito também o mais votado e, em caso de empate, dai sim partissem para uma votação definitiva, somente com os classificados.

Resolveríamos alguns problemas, de pronto. E talvez o maior dele fosse o de dar solução ao constrangimento dos eleitores quando indagados se votarão neste ou naquele candidato, diminuindo sobre eles o assédio eleitoreiro, já que ele poderia dizer já ter escolhido seus dois ou três candidatos.

O segundo problema seria o não incorrermos no risco de vermos eleito alguém com apenas um quinto da preferência do eleitorado, coisa que pode acontecer quando muitos candidatos se apresentam para o pleito. E é sempre melhor – e mais confiável – sabermos que este ou aquele candidato (ou candidata) se elegeu com maioria efetiva do eleitorado. Aliás, eu, se fosse candidato, e, por conta do um grande número de candidatos, acabasse me vendo eleito com 20%, 25% do eleitorado, tomaria vergonha na cara, e sequer assumiria.

Se esta possibilidade saltasse, como que num passe de mágica, do imaginário para a realidade, para a condição legal, dos tantos pré-candidatos que hoje se apresentam para a prefeitura de Peruíbe neste ano, meu voto iria para três: Nelson de Posto (atual vice-prefeito), Onira (atual vereadora) e Ana Preto (filha do ex-prefeito, o falecido José Roberto Preto).

Não que os demais não tenham condições de governar a cidade. Mas sim porque mais me parece que estes três são aqueles que, dentre os nomes correntes, estariam mais prontos para o exercício do cargo que os espera. E também – claro – porque são também eles, os três, que mais chances têm contra a atual prefeita Milena Bargieri em seu projeto de reeleição.

Eu não estaria em condições aqui a julgar a administração de Milena Bargieri, até porque, até onde noto, em pouco ou nada diferiu dos governos passados, eivado de falhas e desvios. Para mim, sua pior atuação, no entanto, foi a política, que não soube conduzir, deixando sua liderança no Legislativo nas mãos de vereadores que tinham interesse e participação direta em negócios e serviços prestados à prefeitura; e pouco ou nada se lembrando de se aproximar das lideranças político-partidárias, não agora, mas desde o primeiro dia de seu governo.

Tivesse conseguido se emancipar de seu pai, que todo mundo sabe governar sua família, seus negócios e também sua vida política com a mesma mão de ferro com que conduz o destino de regiões e povos um coronel do nordeste, talvez Milena tivesse chegado ao apagar das luzes de seu governo em bem melhor situação que a que enfrenta agora, quando as pesquisas sugerem que seu índice de rejeição beira a casa dos 60%.

De todo modo, na minha visão de possibilidade a que outras pessoas tenham oportunidade de se dedicar a administrar a cidade, coisa que somente seria possível se não fosse permitido a reeleição, ou quando muito por apenas mais uma vez, seja de prefeito ou vereador, entendo que a vez de Milena passou. O que ela pode fazer fez; o que não pode, deixou de fazer. A hora, agora, é de quem ainda não passou pelo Executivo estar lá, mostrando se, afinal, é muito grande a distância entre o prometer fazer e o fazer, entre a retórica dos palanques e o governar propriamente dito.

E eu sigo entendendo que tanto o ex-vereador e hoje vice-prefeito, Nelson Gonçalves Pinto, mais conhecido como Nelsinho do Posto, quanto a atual vereadora Maria Onira Betioli Contel, como também a empresária Ana Maria Preto Sá, têm condições de administrar a cidade de Peruíbe com muito sucesso, salvo que o tempo mais uma vez nos decepcione, e o “poder” não lhes suba na cabeça, e a proximidade de orçamentos milionários nos os corrompa.

Tenho motivos para crer nisso. Evidente que são motivos externos, concluídos apenas pelo que podemos observar, ou pelas ações que estão ao alcance de nossas vistas, ou mesmo que ouvimos dizer, de onde concluo que bem posso estar no rumo certo ao me arriscar a apontar um destes três – ou os três – como merecedor do cetro de alcaide.

continua

Washington Luiz de Paula

DIB IMÓVEIS
ADITIVO AUTOMOTIVO
POUSADA GAIVOTAS
TOKA DO LULA
Get Adobe Flash player
JPG Heelys 120x600

Sobre mrwash

Veja também

67% têm considerado a gestão Ana Preto em Peruíbe como “ótima”, diz enquete

Da Redação A enquete levada a efeito por este blogue desde o dia 5 de …

Deputado Marcos Martins (PT) visita Peruíbe e será recebido por Ana Preto

Da Redação O Deputado Estadual Marcos Martins, do Partido dos Trabalhadores, estará em Peruíbe neste …

Prefeita Ana Preto, de Peruíbe (SP), prestigia posse do deputado Samuel Moreira na presidência da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Da Reportagem do Jornal Expresso Regional A prefeita de Peruíbe e presidente do CONDESB, Ana …

Joomla extensions, Wordpress plugins
Joomla extensions, Wordpress plugins
COMBATA O SPAM. ADOTE A PORTA 587.
LEILÕES
%d blogueiros gostam disto: